Já o programa Sala de Convidados, do Canal Saúde, exibido dia 17 de março, debateu sobre o mesmo assunto. A atração apresentou as causas e as consequências dessa crise para a população e sua saúde, as possíveis saídas e os fatores que permitiram que se chegasse ao ponto em que se chegou.

A falta de água e de energia está relacionada à seca e, tudo indica que, a seca esteja relacionada às mudanças climáticas, mas o problema é mais complexo do que isso. Ele passa também por planejamento, aumento da demanda, necessidade de investimento e uso sustentável, entre outros fatores que foram debatidos durante o programa. Assista completo aqui

O DSSA/Ensp realizou um encontro dia 19 de março em comemoração ao Dia Mundial da Água. “Cadê a água do Rio?” foi o tema pensado para provocar o debate e levantar as controvérsias dessa questão. F oram convidados como palestrantes o coordenador do Laboratório de Hidrologia e Estudos do Meio Ambiente da Coppe – Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-Graduação e Pesquisa de Engenharia (UFRJ), Paulo Canedo Magalhães; e o coordenador de Recursos Hídricos da Secretaria Municipal de Meio Ambiente do Rio de Janeiro, Alexandre De Bonis. O Assessor de Ambiente da Vice-Presidência de Ambiente, Atenção e Promoção da Saúde da Fiocruz, Tatsuo Carlos Shubo, foi o coordenador da mesa.

O convite aos pesquisadores externos visou oxigenar os debates a partir de novos temas e olhares. Este é o primeiro de uma série de debates. Alguns próximos temas a serem abordados no DSSA Debate são resíduos sólidos, tratamento de efluentes, saúde urbana, contaminação ambiental, entre outros.

 

canal-saude alexandre-de-bonis

O programa Sala de Convidados também debateu este assunto. Alexandre De Bonis foi um dos convidados de “Cadê a água do Rio?”