farmacovigilancia 3

A Farmacovigilância avalia continuamente a relação benefício-risco de medicamentos, a partir de atividades de detecção, avaliação, compreensão, comunicação e prevenção de eventos adversos.


Os eventos adversos compreendem quaisquer ocorrências indesejáveis, sem que necessariamente exista uma relação causal com o medicamento.


As principais ocorrências relacionadas a medicamentos são:

- erro de medicação;
- evento adverso por desvio de qualidade;
- exposição durante a concepção, gravidez e/ou lactação;
- inefetividade terapêutica;
- interação medicamentosa;
- superdose;
- suspeita de reação adversa (evento adverso);
- uso fora da indicação de bula; além de
- outras situações que possam vir a ser objeto da Farmacovigilância.

 

Caso identifique alguma destas situações com os nossos produtos, entre em contato com o Serviço de Atendimento ao Cliente pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. ou telefone 08000 210 310.

De acordo com normatizações vigentes, estes canais não podem promover aconselhamento médico. Caso você apresente algum evento adverso que necessite de atendimento médico, procure uma unidade de saúde. Suas informações serão mantidas em sigilo e poderão ser compartilhadas com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, Ministério da Saúde e indústrias farmacêuticas parceiras.


Especialmente para a vacina covid-19 (recombinante) de Bio-Manguinhos/Fiocruz, relatos de eventos adversos podem ser informados neste link.  

 

Alerta de cookies

Este site armazena dados temporariamente para melhorar a experiência de navegação de seus usuários. Ao continuar você concorda com a nossa política de uso de cookies.

Saiba mais sobre nossa Política de Privacidade clicando no botão ao lado.