Por iniciativa da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas/OMS) foi celebrada, de 25 de abril a 2 de maio, a Semana de Vacinação nas Américas 2015, cujo tema foi “Reforce seus poderes: Vacine-se!”.

O objetivo da Semana é fomentar a equidade nas condições de vacinação para que populações com acesso limitado aos serviços de saúde regulares, como os moradores das periferias, zonas rurais, comunidades ribeirinhas, indígenas e quilombolas possam ser vacinados.

A iniciativa visa também proporcionar uma plataforma para sensibilizar a população sobre a importância da imunização e manter o tema “vacinas” na agenda política dos países da região. 

Como parte desta agenda, o escritório da Opas no Brasil realizou em 30 de abril, uma reunião intitulada “Desenvolvimento e acesso a vacinas no Brasil”, com o intuito de discutir aspectos-chave relacionados à Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I), produção e aquisição de vacinas visando à ampliação do acesso e melhoria da qualidade no âmbito do SUS.
 
vacinacao-opas
Cartaz faz parte da campanha de 2015. Imagem: Divulgação / Opas
 
O vice-diretor de Produção de Bio-Manguinhos, Antonio Barbosa, representou o Instituto no encontro. Ele palestrou sobre desenvolvimento e acesso a vacinas. A reunião contou também com a presença de Claudia Nannei, da área de inovação e propriedade intelectual da OMS, que proferiu a palestra “Global Strategy and Plan of Action on Public Health, Innovation and Intellectual Property for vaccines R&D for neglected diseases”.
 
O encontro teve representantes de diversas instituições nacionais ligadas ao tema, como Ministério da Saúde, Anvisa, Instituto Butantan e INCQS/Fiocruz, que fizeram breve exposição dos papéis institucionais e participaram como debatedores.
 
Para saber mais sobre a Semana de Vacinação nas Américas, clique aqui.
 
 
Jornalista: Rodrigo Pereira 

 

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2