A cidade de Volta Redonda, no Vale do Paraíba, recebe as atividades do projeto Ciência Móvel – Vida e Saúde para Todos, coordenado pelo Museu da Vida. A solenidade de abertura será no dia 7 de abril, às 9 horas, no Ginásio Poliesportivo Amaro Inácio, o público confere uma série de experimentos interativos que exploram fenômenos da ciência presentes no dia a dia, que despertam a curiosidade e fascinam os cientistas. Como um astronauta se sente? Como funciona uma usina hidrelétrica? E o olho humano, como funciona? Para saber a resposta a estas e outras questões, a equipe do Ciência Móvel leva módulos, como o girotec, equipamento que faz o visitante ter a impressão de falta de gravidade como se estivesse no espaço; uma brincadeira científica que leva o corpo a diversas direções, em movimentos giratórios. São esperadas quase cinco mil pessoas nos dias em que o Ciência Móvel estiver apresentando suas atividades, que são dirigidas a todos os moradores, principalmente estudantes. A programação é gratuita.

Mas, outras atividades interativas são garantia de diversão e conhecimento nessa temporada: a miniusina hidrelétrica, que mostra como a queda da água de um rio é convertida em energia elétrica; os modelos desmontáveis do ouvido e do olho humano permitem entender como o som e a luz viajam pelo interior desses órgãos; as câmaras escuras revelam segredos de nossa visão e tubos musicais mostram como se produzem diferentes sonoridades.

 

ciencia-movel-interna

Moradores de Volta Redonda poderão conferir as atividades
do 
projeto Ciência Móvel. Imagem: Divulgação - COC/Fiocruz

 

O museu itinerante, uma iniciativa da Casa de Oswaldo Cruz, unidade dedicada à preservação da memória da Fiocruz, já esteve em 77 cidades do Sudeste do país. Em nove anos de atividades voltadas à divulgação científica, recebeu público de mais de 650 mil pessoas. O projeto é fruto da parceria com a Fundação CECIERJ e Bio-Manguinhos, patrocínio da SANOFI, da IBM e apoio do CNPq/MCTI.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) convidou o projeto Ciência Móvel – Vida e Saúde para Todos a fim de levar informação à comunidade, como parte das ações da semana em que se comemora o Dia Mundial da Saúde (7 de abril), tendo como parceiras as secretarias Educação (SME) e Esporte e Lazer (SMEL).

De acordo com o IBGE, Volta Redonda possui área 182 km² e 258 mil habitantes. A história do município remonta a 1727, no século 18, quando os jesuítas cruzaram a Serra do Mar abrindo caminho para a colonização do Médio Vale do Paraíba. No entanto, somente em 1744, os primeiros desbravadores denominaram a curiosa curva do Rio Paraíba do Sul, de Volta Redonda, quando a região era explorada apenas por garimpeiros em busca de ouro e pedras preciosas.   

Com o ciclo de industrialização, a cidade foi escolhida em 1941 como local para instalação da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), em plena Segunda Guerra Mundial.

 

Serviço                

“Projeto Ciência Móvel – Vida e Saúde para Todos”
Data: 7 a 10 de abril
Local: Ginásio Poliesportivo Amaro Inácio – Avenida Antônio de Almeida Gama, bairro Retiro – Volta Redonda (RJ)
Visitação: 7 a 10 de abril, das 9h às 12h, e de 13h30 às 17h
No dia 10, o atendimento será das 9h às 12h. Grátis

 

Fonte: Museu da Vida / Casa de Oswaldo Cruz (COC/Fiocruz)

 

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2