A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) instituiu, nesta quinta-feira (21), um Comitê Interno de Nanotecnologia.

Uma das atribuições do Comitê é a elaboração de normas ou guias específicos para a avaliação e controle de produtos que utilizam nanotecnologia. A decisão foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta quinta-feira.

A portaria  também prevê a criação de um banco de dados sobre nanopartículos ou nanomateriais, relacionados à saúde e a elaboração de um plano de capacitação. 

O Comitê conta com a participação de 12 áreas técnicas e terá duração de um ano para desenvolver o seu trabalho.

 

Acesse o site sobre nanotecnologia da ENSP

Está no ar Nanosaúde, o site do portal da ENSP/Fiocruz. Ele é parte integrante da pesquisa Nanotecnologias aplicadas aos alimentos e aos biocombustíveis, coordenada pelo pesquisador da Escola William Waissmann.

O espaço é dedicado às relações entre saúde, nanotecnologias e nanomateriais, com ênfase nas aplicações em alimentos, biocombustíveis, medicamentos, cosméticos e outros produtos ligados à saúde, e dos riscos e implicações das nanotecnologias para o meio ambiente e a sociedade.

Segundo Waissmann, o local é dedicado ao público de diversas áreas. "O sítio é voltado para divulgação e contém matérias e links abrangentes, dirigido à população em geral, estudantes e pesquisadores, de áreas diversas", disse.

Para conhecer o Nanosaúde, basta acessar http://nanosaude.ensp.fiocruz.br.

 

Com informações da Anvisa e da ENSP

 

altalt Voltar à pagina inicial

Outras notíciasaltarrow-2