Cerca de 200 pessoas assistiram ao diretor Artur Couto apresentar o Plano Diretor de Engenharia, que prevê movimentações de áreas a partir de junho e a ocupação do futuro prédio administrativo. Os gerentes dos projetos do Centro Integrado de Protótipos, Biofármacos e Reativos (CIPBR), Novo Centro de Processamento Final (CPFI) e Fiocruz Ceará também apresentaram o andamento desses empreendimentos. Na abertura, o diretor de Bio, Artur Couto, disse que as mudanças na infraestrutura são fundamentais para concretizar a política de crescimento institucional da unidade. “Temos converzsado com diversas áreas, explicando as mudanças que estão sendo feitas a curto, médio e longo prazo. Estamos planejando hoje o que pretendemos ter nos próximos anos”, explica.

O chefe da Divisão de Tecnologia da Informação (Ditin), Marcelo Castro, apresentou as iniciativas de modernização da área de TI (tecnologia da informação) para acompanhar o crescimento da unidade. Algumas são bem significativas, como o tempo para fazer back up dos dados da unidade, reduzido de uma semana para apenas um dia; aumento em dez vezes da velocidade da internet (100 MB para 1 GB); compra de equipamentos para teleconferência; e troca de impressoras por outras com maior capacidade de impressão.

Mudanças a curto, médio e longo prazo

Com a instalação de novos módulos habitacionais - ou contêineres - ao lado do CIPBR, almoxarifado, Laboratório de Experimentação Animal (Laean) e no 2º andar da Central de Ar-Comprimido, algumas movimentações de áreas já acontecem a partir de junho. “Toda essa movimentação será feita com base no planejamento que norteia nossos investimentos”, explica Artur. Até dezembro de 2014, serão concluídos os projetos de curto prazo: a ocupação do Novo Almoxarifado e Prédio Administrativo (Napa), CIPBR e do Laboratório de Liofilização (Divisão de Envase).

 

Jornalista: Isabela Pimentel 

 

 

altalt Voltar à pagina inicial

Outras notíciasaltarrow-2