A obra, editada pela Asfoc-SN, foi organizada pelos professores da Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (ENSP) Antenor Amâncio Filho e Luiz Fernando Ferreira. O livro está à venda na sede da Asfoc-SN e na livraria da Abrasco, na ENSP.

“Fiquei muito feliz em poder divulgar um trabalho em uma área onde não atuo diretamente. Meus textos retratam meus pensamentos, visões de mundo, vivencias e relacionamentos”, diz Virginia, que escreve desde os 15 anos e também se arrisca no universo da prosa.

 

poetas-manguinhos-430x285-2

Anselmo, Diogo, José, Virginia e Luiz tiveram poemas selecionados para o terceiro volume do livro

Luiz e Anselmo contam que participaram dos demais volumes do livro Poetas de Manguinhos. "É uma honra poder apresentar aos colegas da instituição um pouco do que faz fora do seu horário de trabalho", diz Luiz. Já Anselmo, que sempre escreve poesias e participa de concursos, lembra que seus poemas foram selecionados para diversas obras. "É importante ressaltar que uso sempre um pseudônimo: Augusto Marques, nome artístico que uso como locutor em programas de rádio”, revela.

Um exemplo de que o hábito de ler e escrever começa em casa é Diogo. Ele diz que, por ter muitos livros em casa, passou a gostar de escrever. "Esta é uma maneira de extravasar, de deixar fluir anseios, sem crivos e objeções de terceiros", acredita. Dos cinco, ele é único que publica seus textos na internet, no blog Rasuras e Rascunhos.

E José Godinho, além dos poemas, escreve crônicas. “Estou sempre escrevendo, inclusive tenho um livro pronto, Crônicas da Atualidade, que submeterei para publicação. Fiz ainda dois livros científicos pela Editora Interciência”, orgulha-se.

 

Jornalista: Elisandra Galvão

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2