Ao todo, 56 profissionais que trabalham com controle de zoonoses foram capacitados. Os cursos, ocorridos em novembro, incluíram parte teórica e prática.

Juntamente com técnicos da CGLAB, profissionais da Divisão de Atendimento ao Cliente Pós-Markenting (DIACM), do Laboratório de Tecnologia Diagnóstica da Vice Diretoria de Produção e o responsável técnico, Adenauer Teixeira, foram os responsáveis pela condução do treinamento nas duas cidades. De acordo com o planejamento das áreas e com base na demanda apontada pelo MS, nove estados receberão a equipe de Bio a partir de março do ano que vem para dar prosseguimento às capacitações.

O TR DPP® Leishmaniose permite diminuir a quantidade de procedimentos, oferecendo o resultado em cerca de 15 minutos. O produto também dispensa estrutura laboratorial e equipamentos, facilitando o uso no campo. "Este teste de triagem é um método seguro e eficaz. Sua tecnologia de alta sensibilidade agrega qualidade ao diagnóstico da leishmaniose visceral canina", destaca a chefe da DIACM, Linda Boukai. Bio-Manguinhos entregou, à CGLAB, o primeiro lote com 2.027 kits em novembro, o que totaliza 40.540 testes. Outras entregas estão previstas ainda para este ano.

 

Jornalista: Rodrigo Pereira

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2