A mostra está organizada em três módulos: A Concepção, Nascimento e Apresentação da Criança à Sociedade. O primeiro é inspirado no útero e permite que os visitantes visualizem as diversas etapas do nascimento, do encontro do casal a gravidez e suas fases. O segundo é voltado para os locais de nascimento, os profissionais envolvidos e as várias formas de parto (normal, na água, humanizado, cesárea e com a utilização de fórceps). A terceira parte, com temas científicos e culturais, tem como foco as práticas usadas para o acolhimento e a inserção do recém-nascido na sociedade.



Foto: Peter Ilicciev

Foto: Peter Ilicciev

 

Estão expostas mais de 60 peças do acervo da Reserva Técnica do Museu da Vida, do Instituto Nacional de Tecnologia, do Clube Militar do Rio de Janeiro, do Museu de Folclore Edison Carneiro, do Museu Nacional da UFRJ, do Museu Judaico do Rio de Janeiro, do Museu do Índio do Rio de Janeiro, do Museu Casa do Pontal e dos acervos de João Mauricio Pinho, Paula Rigo e Sheila Mendonça.

Esta é uma boa oportunidade para visitar o Castelo da Fundação e observar, a partir de uma perspectiva científica e lúdica, os ciclos do nascimento.

Nascer
Local: sala 307 do Castelo da Fiocruz
Data: aberta até 17 de dezembro
Visitação: de terça a sexta-feira, das 9h às 16h30 | sábado, das 10h às 16h
Agendamento: (21) 2590-6747
Endereço: Av. Brasil, 4365 | Manguinhos


Fonte: Museu da Vida

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2