A Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda busca US$ 28,2 bilhões necessários para seu programa ACT Accelerator, para a disponibilização universal e igualitária às vacinas para COVID-19. Esta quantia poderá trazer benefícios de no mínimo US$ 153 bilhões até 2021, e US$ 466 bilhões até 2025, em análise para 10 países baseada nas previsões da Perspectiva Econômica Mundial do Fundo Monetário Internacional (FMI) para várias circunstâncias de vacinação.

Estes benefícios econômicos são avalaidos para apenas as seguintes - e grandes - economias: Canadá, França, Alemanha, Japão, Catar, Coreia do Sul, Suécia, Emirados Árabes Unidos, Reino Unido e Estados Unidos. "Governos estão se concentrando cada vez mais em investimentos que possam ajudar suas próprias economias a reagirem", afirmou o vice-diretor da Fundação Bill & Melinda Gates, Hassan Damluji, que encomendou o relatório à empresa de pesquisas Eurasia Group.

O diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, exortou os países a se comprometerem com o trabalho do ACT Accelerator. “O ACT Accelerator é a solução global para encerrar a fase aguda da pandemia o mais rápido possível, garantindo acesso equitativo às ferramentas COVID-19. Contribuir para o ACT Accelerator não é apenas a coisa certa a fazer - é a coisa mais inteligente para todos os países - social, econômica e politicamente", ressaltou.

Se o déficit de US$ 28,2 bilhões não for atendido, "os países de renda baixa e média baixa terão acesso atrasado a esses recursos vitais ferramentas em 2021, o que resultará em uma pandemia prolongada, com graves consequências econômicas, não apenas para esses países, mas também para a economia global em geral", informa a OMS.

Ainda de acordo com o organismo, os 10 países apresentados no último relatório da iniciativa contribuíram com US$ 2,4 bilhões para o trabalho do ACT Accelerator , com o Reino Unido comprometendo pouco mais de US$ 1 bilhão, e Alemanha, Canadá, Japão e França comprometendo US$ 618 milhões, US$ 290 milhões, US$ 229 milhões e US$ 147 milhões, respectivamente.

A Covax, o pilar de vacinas do Acelerador ACT, apoia o desenvolvimento de nove vacinas candidatas através do CEPI, oito das quais estão em ensaios clínicos. "A Covax garantiu centenas de milhões de doses de três candidatos promissores, incluindo pelo menos 200 milhões de doses", conclui a OMS.

 

Acesse o especial sobre coronavírus do site de Bio-Manguinhos

 

Jornalista: Paulo Schueler. Imagem: Freepik.