O responsável pela farmacogivilância da Assessoria Clínica de Bio-Manguinhos, Paulo Roberto Takey, participou no dia 5/11 do evento “Latin America Medical Information and Communication Workshop”, promovido pela Drug Information Association (DIA) e pelo Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma). Na mesa redonda “Crisis Management: How Companies Moved From Emergency Plans to a New Status Quo With COVID-19”, ele apresentou as soluções das áreas de Farmacovigilância, Tecnovigilância e SAC de Bio-Manguinhos para continuar as suas atividades durante a pandemia da COVID-19.

A Gestão de Crises sempre fez parte das Operações de Informação Médica. À luz da atual crise da COVID-19, como as operações estão mudando e se adaptando a este novo mundo, é de extrema importância. A mesa trouxe uma visão geral das estratégias e recomendações para abordar coletivamente a pandemia. Bruna Semendri De Vivo, da ePharma, Maria Beatriz Lucchesi e Vera Lúcia Gattás, do Instituto Butantan, e Trudy Burdette, do PPD Estados Unidos, ministraram palestras.

Os palestrantes explicaram como as operações estão mudando para lidar com a atual crise e as estratégias que as empresas estão utilizando. Apresentaram as preocupações e comportamentos dos clientes durante a crise e como as equipes estão captando as necessidades dos mesmos. Além disso, discutiram como as empresas estão construindo o novo mundo - pós COVID-19, adaptandose para trabalhar em casa, gerenciando equipes e recursos, como a implementação de home office e ferramentas de TI.

 

Acesse o especial sobre coronavírus do site de Bio-Manguinhos

 

Jornalista: Gabriella Paredes. Imagem: