A Associação Médica do Texas (TMA, na sigla em inglês) divulgou gráfico em que estabelece diferentes graus de risco ao contágio ao Sars-Cov-2 nas atividades cotidianas. Elaborado por médicos da Força-Tarefa para COVID -19 e o Comitê de Doenças Infecciosas da TMA, o material consolida avaliações de especialistas em saúde pública, epidemiologia e infectologia.

Cada atividade recebeu notas, que vão de 1 – menos arriscada – a 10 – mais arriscada –, a partir de critérios como se é realizada em área interna ou externa; a proximidade de outras pessoas; o tempo de exposição ao vírus; a probabilidade de executar medidas de prevenção como uso de máscaras e higienização das mãos, além do risco pessoal —a probabilidade de se infectar enquanto realiza a atividade.

Para todas as atividades, a TMA calculou os riscos com pré-condiciontes, como: os indivíduos estariam usando máscaras, mantendo uma distância de pelo menos dois metros de pessoas que não são familiares e lavando as mãos sempre que possível.

 

Confira o gráfico

 

Acesse o especial sobre coronavírus do site de Bio-Manguinhos

 

Jornalista: Paulo Schueler. Imagem: Freepik.