qualidade siteA vice-diretora de Qualidade de Bio-Manguinhos, Rosane Cuber, esteve na 3ª Reunião Geral dos Laboratórios Nacionais de Controle de Qualidade de Vacinas (3rd General Meeting - National Control Laboratory Network for Biologicals - WHO-NNB), em Sandton, Johannesburgo (África do Sul), realizado entre 5 e 7 de novembro.

Desde 2016, a Organização Mundial de Saúde (OMS) reúne os representantes dos laboratórios nacionais de controle de qualidade envolvidos no teste de vacinas pré-qualificadas pela OMS com o intuito de estabelecer uma rede que forneça uma plataforma para o intercâmbio de informações técnicas e de qualidade, a fim de facilitar o acesso às vacinas por meio do reconhecimento da liberação do lote da agência reguladora responsável pelos países destinatários.

A cooperação e a rede podem ajudar a garantir testes eficientes, economizar custos, reduzir o risco de resultados imprecisos e compartilhar inovações, como as soluções para a redução do uso de testes em animais. “O Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde (INCQS) também esteve presente, representando o país. Nosso objetivo é fazer com que o Brasil participe dessa rede”, informou Rosane Cuber.

Desse modo, a rede contribui para alcançar a Objetivo de Desenvolvimento Sustentável (ODS) de número 3.8, que está diretamente relacionado às vacinas: "alcançar cobertura universal de saúde, incluindo proteção contra riscos financeiros, acesso a serviços essenciais de saúde e acesso a qualidade segura, eficaz e de qualidade medicamentos e vacinas essenciais e acessíveis a todos”.

 

Jornalista: Carolina Landi

Imagem: Divulgação/ASREG