O estudo “Avaliação da eficácia e segurança do fator de crescimento epidérmico recombinante (FCEhr) intralesional em participantes com úlcera de pé diabético no Brasil” continua em busca de participantes.

O produto em investigação, que possui o nome comercial Heberprot®, é um biofármaco com princípio ativo fator de crescimento epidérmico humano recombinante, injetável, intralesional para tratamento de úlceras de pé diabético.

O medicamento é aplicado no sistema de saúde cubano desde 2007, como parte do programa de assistência primária aos pacientes com úlcera diabética do país caribenho. Lá, seu uso foi aprovado após estudos com mais de quatro mil pacientes participantes. Desde o início de seu uso, os casos de amputação foram reduzidos em mais de 80%.

O estudo deverá envolver 304 participantes até dezembro deste ano. Ao longo de oito semanas, os participantes da pesquisa recebem no máximo 24 aplicações, por três vezes a cada semana e podem ser alocados ou no grupo placebo ou no grupo de tratamento ativo.

Na pesquisa, pacientes com úlcera do pé diabético passam por aplicações do medicamento, para acelerar a cicatrização da lesão. Os participantes da pesquisa têm acompanhamento médico por até um ano e meio e recebem sapatos especiais, curativos, entre outros.

Para participar do estudo, será necessário que o paciente tenha uma lesão com as seguintes características:

 

- Ter área igual ou maior que 2cm²;

- Ter pelo menos 4 semanas de evolução;

- Não ter gangrena, osteomielite ou infecção profunda.

 

Não podem participar:

 

- Menores de 18 anos;

- Grávidas ou mães que estão amamentando;

- Pessoas com doença grave no fígado;

- Quem possui histórico ou suspeita de câncer;

- Pessoas com transtornos psiquiátrico.

 

Os interessados em participar, nos estados onde a pesquisa está sendo realizada, devem entrar em contato com:

 

Alagoas

Hospital Memorial Arthur Ramos

Contatos:

Dr. Guilherme Pitta

MSc. Ana Amâncio

Tels: (82) 98803-8519, (82) 99981-2037 e (82) 98742-4223

 

Amazonas

Universidade do Estado do Amazonas

Fundação Hospital Adriano Jorge Ambulatório Multidisciplinar de Pé Diabético

Coordenadores: 

Prof. Dr. Cleinaldo Costa e Dr. Raymison Monteiro

Contato: enfermeiro Antônio Wericom (92) 99296-9904 e enfermeiro Tadeu (92) 99401-0174

 

Distrito Federal

Hospital de Taguatinga

Ambulatório de Pé Diabético Unidade Centro de Pé Diabético

Dra. Fernanda (61) 99844-5002 e Dra. Flaviene (61) 98116-4615 

Enfermeira Janaína: (61) 99918-6436

Téc. de Enfermagem Milene (61) 99271-6105 

Coordenação: Dra. Hermelinda Pedrosa (61) 98555-5545

Contatos em qualquer horário.

 

Paraíba

Dra. Marivânia (83) 99638 – 5610

Atendimentos:

Segunda-feira – manhã | Quarta-feira – tarde | Sexta-feira – manhã

Enfermaria 5º andar - 525

 

Pernambuco

Centro de Pesquisa Clínica do IMIP, de segunda a sexta-feira das 7h30 às 12h00 e das 13h30 às 16h00, através do telefone (81) 2122-4792

 

Rio de Janeiro

Policlínica Piquet Carneiro – UERJ

Ambulatório de Cirurgia Vascular

Dr. Carlos Eduardo Virgini

Enfermeira Amanda

Assistente de pesquisa: Brunilda

Tels.: (21) 2334 – 2439 e (21) 98298 - 2761

End: Av. Marechal Rondon, 381, 2 andar, São Francisco Xavier, RJ.

 

Leia também

Pesquisa avalia eficácia de medicamento para pé diabético

O alto custo do pé diabético no Brasil

 

Jornalista: Paulo Schueler