bioceAlém do Plano de Comunicação Social da Obra (PCS), Bio-Manguinhos realizou sua primeira ação de educação ambiental em Eusébio (CE), requisito do Programa de Comunicação Social e Educação Ambiental, exigência do licenciamento ambiental da planta industrial que será construída no local.

A ação contou com a participação de cem alunos da Escola Elisbão Pio, no bairro da Precabura, nos dias 18 e 19 de maio. A atividade foi organizada por três colaboradoras de Bio: Gisele Andrade (Somar), Juliana Souza (Projeto Bio-CE) e Maria Ivone Bussons (AESTM). 

Nos dois dias de interação, os alunos participaram de uma palestra sobre educação ambiental, de uma oficina de produção de cartões-semente e do plantio de mudas de árvores e do cartão-semente em vasos de pneus reutilizados. Segundo Maria Ivone, “o cartão semente e o plantio foram uma forma lúdica de abordar a educação ambiental com as crianças, visando um futuro mais consciente, sustentável e comprometido com o meio ambiente”.

 

bio-ceara-acoes-somar-430x285

Nos dois dias de interação, os alunos puderam participar de uma
palestra sobre educação ambiental. Imagem: Equipe Bio-CE

 

Juliana contou que “a ação representou uma atuação efetiva no sentido de fomentar a educação ambiental na comunidade do entorno do empreendimento, garantindo alinhamento às exigências ambientais”. Gisele considerou o trabalho um sucesso: “diversas pessoas nos apoiaram, doaram material e dedicaram seu tempo à ação, além da participação entusiasmada dos alunos da escola em todas as atividades”. A Coordenação-Geral de Infraestrutura dos Campi (Cogic) da Fiocruz-RJ também colaborou, doando as mudas de ipês.

"Após crescerem, as árvores de ipê e pau-brasil, que compõem o projeto paisagístico do Complexo Tecnológico de Plataformas Vegetais (CTPV), serão transplantadas para o terreno do empreendimento, onde receberão uma placa em homenagem à participação dos alunos”, explica Beatriz Fialho, gerente do Projeto Bio CE.

 

Jornalista: Isabela Pimentel