transf-cargo-100x100Na manhã de 2 de junho, foi realizada a cerimônia de Prestação de Contas (Gestão 2009-2017) e Transferência de Cargo da Diretoria, no auditório do Novo Almoxarifado e Prédio Administrativo (Napa). Para marcar o momento de mudança e celebrar as conquistas, o diretor de Bio (Gestão 2009 -2017), Artur Roberto Couto, fez um balanço do período em que conduziu a unidade, trazendo histórias, memórias, feitos e muita emoção ao agradecer o apoio de cada um dos membros da Diretoria e dos colaboradores.

Estiveram presentes prestigiando o evento o chefe de Gabinete, Valcler Rangel; os diretores do IOC/Fiocruz, José Paulo Gagliardi Leite, e da COC/Fiocruz, Paulo Elian; o coordenador das Ações de Prospecção da Presidência, Carlos Gadelha; a superintendente do Canal Saúde, Marcia Castro;  a diretora do FioSaúde, Leila Melo; e o vice-presidente de Gestão e Desenvolvimento Institucional da Fiocruz, Mário Moreira.



transf-cargos-430x285

Cerimônia contou com a participação de autoridades e representantes da
presidência da Fiocruz. Imagem: Rodrigo Pereira - Ascom / Bio-Manguinhos

 

Trajetórias e um compromisso em comum

Para a transferência de cargos foi convidado para presidir a mesa o vice-presidente de Gestão da Fiocruz, Mário Moreira, que compartilhou memórias da época em que fez um curso na Fundação Getúlio Vargas com Artur e Maurício. “Parece que foi ontem. Oito anos passaram voando. Não posso dizer que avancei e que Bio cresceu. Crescemos, avançamos. Superamos desafios como no combate à febre amarela e atendimento aos anseios da população e demandas do Sistema Único de Saúde (...) não é possível dissociar minha trajetória desta fundação. Minha profunda gratidão a todos vocês”, disse, emocionado.

Em seguida, Mário Moreira reforçou a importância de Bio-Manguinhos para a Fiocruz e o quanto a unidade é uma das faces mais expostas e visíveis da Fundação. “Na campanha de Paulo Buss para a Presidência da Fundação, cunhamos o termo ‘orgulho de ser Fiocruz’. Hoje, em nome da presidente Nísia, que não pode estar presente, saúdo o papel da Bio-Manguinhos que o Brasil precisa, destacando o senso de integralidade e unidade da nossa Fundação, além de seu compromisso social e público”, apresentou.

“É uma felicidade muito grande estar nessa mesa, com amigos de longa data, compartilhando um momento tão especial como esse em minha vida. Quero agradecer o apoio de todos desde o período da campanha, isso me dá motivação extra para enfrentar os novos desafios”, disse Maurício Zuma. 

 

Jornalista: Isabela Pimentel