newsgame-1.jpgAlinhado à Política de Acesso Aberto da Fiocruz, o Instituto de Comunicação e Informação Científica e Tecnológica em Saúde (Icict/Fiocruz) inovou e criou um produto para atingir o público em geral e incentivar o debate sobre Acesso Aberto: o newsgame Jogo do Acesso Aberto. O pré-lançamento foi realizado durante a 6° Conferência Luso-Brasileira sobre Acesso Aberto (Confoa 2015), que ocorreu em Salvador (Bahia) de 4 a 7 de outubro.

Para Miguel Sicart, estudioso de games e pesquisador do Centro de Pesquisas de Jogos de Computador da IT University of Copenhagen (Dinamarca), “newsgames são jogos sérios baseados em eventos atuais, produzidos com a intenção de estimular o debate público”. E é exatamente esse o objetivo do newsgame idealizado pelos designers Marcelo de Vasconcellos, Flávia de Carvalho e Juan Puppin Monteiro, do Icict. 

Simples e direto, o Jogo do Acesso Aberto, que terá brevemente versões em espanhol e inglês, foi criado “de forma a despertar interesse também do público leigo, a fim de que possam conhecer mais sobre esta questão tão importante, mas que para grande parte da população não é muito palpável”, explicou Marcelo de Vasconcellos.

A ideia do jogo virtual que enfocasse o Acesso Aberto surgiu a partir de artigo intitulado O caso do Ebola na Libéria (Don't Think Open Access Is Important? It Might Have Prevented Much Of The Ebola Outbreak), publicado no site TechDirt em abril desse ano. “O Acesso Aberto é importante, principalmente na Saúde, onde literalmente contribui para salvar vidas. O artigo ilustra a questão”, esclareceu Vasconcellos.

 

newsgame redes sociais

O jogo do Acesso Aberto é um newsgame, um tipo de jogo mais curto e simples.

 

Convidada para conversar com a equipe de criação do jogo virtual sobre Acesso Aberto, Ana Maranhão, chefe da Seção de Informação do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação em Saúde (CTIC/Icict) e coordenadora do Repositório Institucional da Fiocruz (Arca), contribuiu bastante com informações, segundo Vasconcellos. “Sentimos que precisávamos de algo mais imediato que o jogo mais elaborado que estamos desenvolvendo, assim nós nos propusemos a fazer o newsgame. Mas a ajuda da Ana foi muito importante. Graças às conversas com ela, pudemos compreender melhor o assunto para desenvolver o jogo”, disse.

O pré-lançamento na 6° Confoa não poderia ter sido mais bem sucedido. Segundo informações obtidas por Vasconcellos junto à Ana Maranhão, que foi quem apresentou o Jogo do Acesso Aberto na Conferência, “a reação foi a melhor possível”. “O público e os pesquisadores ficaram muito empolgados e a Ana falou que já foi procurada por instituições brasileiras e portuguesas que querem divulgar o newsgame como estratégia de conscientização da causa do Acesso Aberto”, afirmou.

Em novembro próximo (de 25 a 27/11), durante o Encontro Internacional de Acesso Aberto, que será realizado na Biblioteca de Manguinhos, o Jogo do Acesso Aberto será apresentado para a comunidade científica internacional e nacional. Mas os interessados já podem jogar e se informar aqui.

 

Fonte: Graça Portela/ Icict/Fiocruz 

 

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2