primavera museusMais de 2,4 mil eventos estão programados para acontecer no país durante a 9ª Primavera dos Museus, e o Museu da Vida não ficará de fora. Este ano, com o tema Museu e Memórias Indígenas, as atividades do evento vão acontecer em paralelo à Semana dos Idosos, até 3/10.

 

O tema da Primavera dos Museus foi escolhido em sintonia com as políticas do Ministério da Cultura. Veja a lista das atividades e participe!

26 de setembro a 3 de outubro

Exposição KARAJA (Museu do Índio) Reúne painéis fotográficos e textuais do povo Iny, revelando vários aspectos da rica cultura imaterial e material desse povo. Haverá indumentárias que poderão ser vestidas pelo visitante para ser fotografado.
Horário: 9h às 16h
Local: Foyer do Museu da Vida

28 de setembro

Mesa de abertura sobre o tema Museus e Memórias Indígenas
Horário: 14h às 16h
Coffee-break às 16h
Local: Auditório | Haverá intérprete de libras
Especialista em Saúde: Ana Lúcia Pontes
Doutora em saúde pública pela ENSP. Atualmente é professora e pesquisadora da Escola Politécnica de Saúde Joaquim Venâncio, da Fiocruz. Tem experiência na área de saúde coletiva e educação profissional em saúde, atuando principalmente com os temas: educação em saúde, políticas de saúde, atenção básica, processo de trabalho em saúde, modelos de atenção, saúde indígena e pesquisa qualitativa.
Representante do povo indígena: Sr. Tukano, de etnia pertencente ao território do Mato Grosso do Sul, numa área de conflito.

primavera-dos-museus-interna

No Museu da Vida, a programação foi estendida até sábado, 03 de outubro. 

 29 de setembro

Abertura da Agenda Cultural Mandela Vive
Projeto de cooperação social
Horário: 13h30 às 16h30
Local: Auditório
Seminário Literatura ao Pé do Ouvido
O seminário contará com duas mesas, que tratarão dos limites da tradução, da acessibilidade da literatura para cegos e surdos, da própria criação da ficção em outras línguas, como a libra e o braile. A Agenda Cultural Mandela Vive comporta uma série de eventos culturais no território de Manguinhos que provoca o debate sobre a criação artística local aliada ao engajamento político dos atores sociais da favela e da cidade.

2 de outubro

Dança Senior e apresentação do Programa de Atenção à Saúde dos Idosos
Realização: Ensp
Horário: 13h30
Local: Tenda da Ciência

Esquete teatral Filosofia de um Par de Botas
Inusitada conversa entre um par de botas abandonado na praia, que conta um pouco sobre as suas memórias. A esquete aborda questões sobre a solidão e a velhice.
Horário: 15h
Local: Tenda da Ciência

03 de outubro (sábado)

Apresentação O Potencial Arqueológico do Campus de Manguinhos
Horário: 11h
Palestrante convidada: Guadalupe do Nascimento Campos, do Museu de Astronomia e Ciências Afins
Doutora em ciência dos materiais e metalurgia pela PUC-Rio. Ela concluiu o PhD em conservação de objetos arqueológicos metálicos pelo Mast. Atualmente é pesquisadora visitante do Mast. Realiza pesquisas e coordena projetos na área de Arqueologia, predominantemente no campo da Arqueologia Histórica no Rio de Janeiro.

Oficina de Escavação para Crianças
Simulação de escavação arqueológica de artefatos indígenas
Local: área externa da Tenda da Ciência
Horário: Das 12h às 13h

 

Fonte: Museu da Vida/Fiocruz

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2