hiv-fluido-oral-100x100A cidade de Picos recebe de 9 a 10 de setembro uma oficina de formação em saúde. O público alvo são os profissionais que atuarão na realização de testes orais de HIV. Pelo menos seis pessoas participarão da capacitação. De acordo com a coordenadora de Direitos Humanos e de Livre Orientação de Picos, Jovana Cardoso, os primeiros testes acontecerão no bairro São Vicente, no dia 11 de setembro, acompanhados por representantes do Ministério da Saúde. O grupo pretende realizar visitas em pontos estratégicos da cidade.

“É um ganho para a população que precisa saber da sua sorologia. Os testes comuns demoram de 15 dias a 2 meses e esse não, o resultado é imediato. É tecnologia de ponta a serviço da população de Picos”, frisa Jovana.

 

hiv-1-2-tr-2013

Produzido por Bio-Manguinhos, teste é o método mais preciso, sensível, simples e
com resultado mais rápido. Imagem: Bernardo Portela - Ascom / Bio-Manguinhos

 

O teste

O fluído do teste oral é extraído da gengiva e o começo da mucosa da bochecha com o auxílio da haste coletora. A tecnologia dos testes rápidos foi desenvolvida pelo Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos da Fundação Oswaldo Cruz (Bio-Manguinhos/Fiocruz). O kit contém uma haste coletora descartável (swab) – de uso único – para obtenção de fluido oral; um frasco com solução, no qual é colocada a haste coletora após a obtenção da amostra; um frasco com o tampão de corrida de reação; um suporte plástico de teste, em que é ocorrerá a reação e a revelação do resultado.

Como pré-requisito para fazer o diagnóstico oral, é necessário que, nos 30 minutos antes, a pessoa evite ingerir alimento ou bebida, fume ou inale qualquer substância, escove os dentes e use antisséptico bucal. Também se deve retirar o batom e evitar realizar atividade oral que deixe resíduo. O fluido do teste oral é extraído da gengiva e o começo da mucosa da bochecha com o auxílio da haste coletora.

Quando sair uma linha vermelha, significa que não é reagente. Caso apareçam duas linhas vermelhas, indica que naquela amostra há anticorpos anti-HIV, ou seja, o teste é positivo.

 

Fonte: grandepicos.com.br

 

Leia Mais:

 

arrow-2Conheça o teste DPP® HIV - 1/2

arrow-2HIV: sintomas, transmissão e prevenção

 

 

Voltar à pagina inicial

Outras notíciasarrow-2