melhorias

Bio-Manguinhos é uma instituição em que a busca contínua por melhorias, seja em produtos, processos ou instalações, faz parte da rotina. Todos os dias, pela manhã, equipes das áreas produtivas se reúnem para discutir as atividades realizadas nas 24 horas anteriores.

A iniciativa se mostrou uma eficiente prática gerencial de produção para evitar não conformidades e promover melhorias nos processos. Quando necessário, ajustes são feitos e há acompanhamento multidisciplinar para auxiliar nas tomadas de decisão.

Através de seu Escritório de Processos, o Instituto promove a disseminação das boas práticas de Gestão por Processo de Negócio. No início de 2019, havia 12 iniciativas em andamento. Em 2018, foi destaque a reestruturação do Centro de Produção de Antígenos Bacterianos (CPAB), com impactos positivos sobre o processo produtivo da vacina pneumocócica 10-valente conjugada.

Anualmente, o Instituto realiza as Oficinas do NAT Brasileiro, para ouvir de representantes da hemorrede sugestões de melhoria no kit de reagentes para diagnóstico NAT HIV/HBV/HCV. Além de ouvir, Bio-Manguinhos também apresenta atualização técnica e científica do produto aos profissionais que o utilizam.

Por fim, destacam-se os projetos de melhoria na vacina de febre amarela - da produção de frascos com somente duas doses à retirada do antibiótico que atualmente integra a formulação da dose, uma sugestão advinda da própria Organização Mundial da Saúde (OMS) em meio a uma campanha para reduzir o uso desse tipo de medicação e combater a chamada resistência bacteriana.