Acesso à informação #CopaDasCopas

Roraima recebe R$ 187 milhões para atendimento a imigrantes, incluindo vacinação

investimento saude 100x100O Ministério da Saúde vai destinar R$ 187 milhões para o estado de Roraima, que tem recebido a maior parte dos imigrantes venezuelanos que chegam ao Brasil. O valor deverá ser utilizado exclusivamente para o apoio ao atendimento médico e será destinado a obras, aquisição de vacinas e outras necessidades da saúde na capital Boa Vista e na cidade de Pacaraima.

Desse total, R$ 10,1 milhões anuais irão permitir a ampliação da assistência nos serviços de saúde em Roraima. Mais R$ 9,6 milhões por ano serão destinados para ampliar o atendimento hospitalar e R$ 508,28 mil por ano para a atenção básica nas cidades de Pacaraima e Boa Vista. Outros R$ 804 mil por ano serão liberados para novas habilitações de serviços, e ainda R$ 17,3 milhões para 62 propostas de emendas parlamentares relacionadas à compra de equipamentos e ambulâncias.

 

vacinacao roraima divulgacao 430x285

Recurso do Ministério da Saúde ajudará também na imunização
dos imigrantes. Imagem: Divulgação / Governo de Roraima

 

"O trabalho é em resposta à imigração, mas vai trazer também melhores condições de saúde aos brasileiros que moram no estado”, lembrou o ministro da Saúde, Gilberto Occhi.

 

Vacinas

Outros R$ 28,4 milhões já foram destinados para reforçar a vacinação e o sistema de vigilância em saúde. Ao todo, são 981,6 mil doses de 42 tipos de vacinas, ao custo de R$ 15,3 milhões, distribuídas em Roraima. Do total de recursos, R$ 1,7 milhão foram repassados para interromper a cadeia de transmissão do sarampo. As verbas foram destinadas para reformar a sala de vacinação na fronteira, contratar recursos humanos para imunização e compra de kits de diagnóstico, além de garantir o acompanhamento de técnicos do Ministério da Saúde e consultores internacionais da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).

 

Fonte: Ministério da Saúde

 

​