Acesso à informação #CopaDasCopas

História

A história de Bio-Manguinhos está estreitamente ligada a da Fundação Oswaldo Cruz, por ser uma das suas unidades técnico-científicas. A Fiocruz nasceu como Instituto Soroterápico Federal, em 1900, passando a se chamar Instituto Oswaldo Cruz posteriormente, antes de receber o atual nome. Localizada em Manguinhos, no Rio de Janeiro, atende às demandas nacionais no campo da saúde pública.

Bio-Manguinhos tem grande responsabilidade nesse objetivo, uma vez que é a unidade voltada à promoção, ao desenvolvimento e à produção de imunobiológicos de interesse para a população brasileira. Nos links à direita, você conhece mais da história de Bio. Fatos marcantes como a descoberta de vacinas, a construção de um complexo industrial, assinaturas de grandes acordos de cooperação, dentre outros, construíram a trajetória da unidade.

 

pavilhao-rocha-lima-bio-19761976

Criação do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos (Bio-Manguinhos), no dia 4 de maio. O Instituto passa a ser uma unidade técnico-científica independente voltada à promoção, ao desenvolvimento e à produção de imunobiológicos de interesse para a saúde pública. Desde sua criação, Bio-Manguinhos evoluiu de um conjunto de pequenos laboratórios de febre tifóide, cólera, meningite e febre amarela, projetados para pesquisa, para um complexo industrial e tecnológico de imunobiológicos dos mais importantes da América do Sul.
 
 
Assinatura do contrato de transferência de tecnologia para produção da vacina meningocócica AC entre a Fiocruz e o Instituto Mérieux.

 

brasil-japao-1980-100x100

1980
Assinatura do Protocolo das discussões sobre cooperação técnica para o projeto Produção de Biológicos, desenvolvido em Bio-Manguinhos com o apoio técnico de instituições de pesquisa japonesas. Esta parceria possibilita a transferência de tecnologia de produção da vacina sarampo (Instituto Biken) e da vacina poliomielite (Instituto de Pesquisa de Poliomielite do Japão) para o Instituto. Início da produção de reativos com o soro para diagnóstico de Enterobactérias (E. coli ETEC; EPEC), antígenos O e H de S. typhi.

 

arrow-1arrow-1De 1980 a 1990