Acesso à informação #CopaDasCopas

Conselho Político e Estratégico

cpe-2016

Desde 2009, a estrutura de governança de Bio-Manguinhos passou a contar com o Conselho Político e Estratégico (CPE), que conta, entre seus membros, com profissionais reconhecidos pelos trabalhos desenvolvidos e vinculados a importantes instituições relacionadas às atividades de Bio-Manguinhos e representativas da sociedade, além de representantes eleitos entre os servidores públicos de Bio-Manguinhos. Entre as instituições, pode-se citar a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Insumos Estratégicos do Ministério da Saúde, BNDES, ABIFINA, Instituto Butantan. O órgão, que tem caráter consultivo, apoia a Diretoria analisando e sugerindo mudanças no Plano Estratégico – com base em políticas setoriais e tendências tecnológicas e epidemiológicas, regionais e mundiais. Também avalia instrumentos gerenciais estratégicos e o desempenho da Diretoria quanto a resultados e seu alinhamento à estratégia, monitorando riscos e propondo encaminhamentos ao Conselho Deliberativo de Bio-Manguinhos.

Sua atuação visa consolidar o papel do Instituto no país. O grupo se dedica a refletir sobre o desenvolvimento institucional, a médio e longo prazo, buscando espaços políticos, na sociedade e no governo para encaminhar questões de sua área de atuação. Também compete ao órgão acompanhar o desenvolvimento das diferentes atividades do Instituto, colaborando com a Diretoria para a adequada implementação dos projetos científico-tecnológicos e de produção.

Com mandato de três anos, o CPE reúne-se duas vezes ao ano, sendo formado por oito membros: um representante dos quadros da Fiocruz, três representantes externos à Fiocruz, um do Ministério da Saúde, o diretor do Instituto e dois servidores escolhidos em eleição própria. Sua composição mista, com representantes de diferentes instituições, contribui para uma diversidade de olhares sobre as questões que envolvem a unidade. Cabe destacar que o presidente do CPE é escolhido entre seus membros.

 

A seguir, estão algumas atividades realizadas pelo CPE desde sua criação:


2009arrow

Novo organograma de Bio-Manguinhos

Alterações na apresentação institucional de Bio-Manguinhos 

 

2010arrow

Análise do Plano Estratégico e recomendações 

 

2011arrow

Apresentação do Estudo de Viabilidade de Bio-Manguinhos para o período de 2010-2020 

 

2012arrow

Discussões sobre o Novo Centro de Processamento Final de Imunobiológicos – Santa Cruz – RJ

Proposta constituição de subsidiária da Fiocruz para área de produção

Entregas 2011: vacinas, reativos para diagnóstico e biofármacos

Discussão de novos projetos, como NAT HIV/HCV; vacinas Meningite B, Meningite C conjugada e Dengue

Transferências de tecnologia, acordos em negociação, novos empreendimentos 

 

2013arrow

Empresa Publica – evolução e encaminhamentos, como cronograma, Projeto de Lei e Estrutura de Governança

Discussão de novos Projetos, como Interferon peguilhado e novos empreendimentos como CIPBR ; NCPFI e plataforma vegetal

Idealização do Seminário Tendências Tecnológicas em Plataformas Vegetais

Idealização do Seminário Anual Científico e Tecnológico de Bio-Manguinhos 

 

2014arrow

Empresa Publica – evolução e encaminhamentos, como cronograma, Projeto de Lei e Estrutura de Governança

Discussão de novos Projetos, como os empreendimentos CIPBR, Laboratório de Lifiolização (Lalio), NCPFI e plataforma vegetal

Relatório gerencial econômico financeiro – 2014

 

2015arrow

Foram feitas novas eleições para escolha dos dois servidores públicos de Bio-Manguinhos, quando foram eleitos Elezer Monte Blanco Lemes e João Miguel Estephanio.

 

Membros:

 

Presidentearrow

Akira Homma (Bio-Manguinhos/Fiocruz)

 

Conselheirosarrow

Nelson Brasil (Abifina)

Jorge Kalil (Instituto Butantan)

Pedro Palmeira (BNDES)

Leonardo Paiva (Ministério da Saúde)

 

Artur Roberto Couto (Bio-Manguinhos/Fiocruz)

Elezer Monte Blanco (Bio-Manguinhos/Fiocruz)

João Miguel Estephânio (Bio-Manguinhos/Fiocruz)